Entrevistas

Posted: Julho 8, 2003 in Uncategorized

Maria Amélia Barge (Vilar de Mouros, Agosto/2002) Carlos Alves (Vilar de Mouros, Agosto/2002) Joaquim Gonçalves (Vilar de Mouros, Agosto/2002) António Victorino dAlmeida (Moledo, Agosto/2002) Pita Guerreiro (Seixas, Agosto/2002) Armando Ranhada (Vilar de Mouros, Agosto/2002) Maria Ângela Rocha (Vilar de Mouros, Setembro/2002) Álvaro Covões (Lisboa, Novembro/2002) Jorge Silva (Porto, Janeiro/2003) José Cid (Porto, Fevereiro/2003) Miguel Araújo e Paulo Valentim (Leça do Balio, Março/2003)

Outros depoimentos: Alberto Peres, Alexandre Barrocas, António Amorim, António Freitas de Sousa, António Peres Magalhães, Avelino Tavares, Diana Pinto Neves, Francisco Neves, Ilídia Pinto, Isabel Barge, João Paulo Peixoto, Júlia Paula Costa, Luís Montez, Manuel Freire, Michel e Mike Sergeant.

Comentários
  1. Sabes, o meu avô paterno (Tio António Pipas ), morreu em 1984 sendo à data – segundo afirmaram – o cidadão mais velho do Concelho de Caminha. Natural de Vilar de Mouros, contou-me estórias engraçadíssimas sobre o primeiro festival, desde a desconfiança das pessoas nos ” cabeludos ” que por ali apereceram até à oferta de café de saco que ele fazia no bar do Clube da terra, onde era o homem de serviço permanente. Bom livro e uma grande ideia. Um abraço

  2. Alexandre Cruz Barrocas diz:

    Olá, Eu gostaria de saber como o meu nome está nesta página, já que não me lembro de ter dado nenhum comentário! Aguardo resposta! Muito Obrigado Alexandre Barrocas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s